Campus Party Brasil anuncia novos palestrantes internacionais e divulga agenda preliminar do evento

A Campus Party Brasil, maior experiência tecnológica do mundo, anuncia três novos palestrantes internacionais que estarão no palco principal “Feel The Future” – temática escolhida para a 9ª edição do evento. Neil Harbisson, ativista cyborg, Moon Ribas, co-fundadora da Cyborg Foundation, Daniel Matros, produtor da franquia Battlefield, da Eletronic Arts, Gianluca Colombo, consultor de gestão de conhecimento para agências de execução europeias e Daniel Susskind, professor e pesquisador da Balliol College, em Oxford, na Inglaterra.

O público também já pode conferir a agenda com a programação preliminar da Campus Party Brasil 2016. No site (link agenda) é possível visualizar as atrações por área de conhecimento ou por dia. Ao todo serão mais de 600 horas de conteúdo entre palestras, workshops, hackatons, desafios, mentorias, entre outras iniciativas. Ao longo do período que antecede o evento, novas atrações serão incluidas na agenda.

Sobre os palestrantes internacionais:

Neil Harbisson é um artista, compositor e ativista cyborg catalão mais conhecido por sua capacidade de ouvir e perceber cores fora da capacidade de visão humana. Neil nasceu com acromatopsia, uma condição que só lhe permite ver tons na escala cinza. Em 2003 ele participou do desenvolvimento do Eyeborg, um olho cibernético permanentemente ligado a sua cabeça que lhe permite ouvir as frequências de cores através de condução óssea (incluindo infravermelhos e ultravioletas). Em 2013 Neil implantou uma antena cirurgicamente em sua coluna que lhe permite não só perceber a cor como som, mas também para se conectar as cores que os outros podem ver. Em 2010 ele co-fundou a Fundação Cyborg com Moon Ribas, uma organização internacional que tem como objetivo ajudar as pessoas a se tornar cyborgs, defender seus direitos e promover o “cyborgismo”, como um movimento artístico e social.

Moon Ribas é uma coreógrafa contemporânea catalã e co-fundadora da Cyborg Foundation. Ela se formou em coreografia na Faculdade de Artes de Dartington, na Inglaterra e estudou na Escola de Teatro de Amsterdã (Escola para Desenvolvimento de Novas Danças). Desde 2007 Moon vem experimentando diferentes serviços cibernéticos. A principal pesquisa de Moon consiste em desenvolver o senso sísmico, percebendo o movimento de terremotos do mundo todo em tempo real, assim Moon traduz esse novo sentido no palco, seu espetáculo principal se chama “Esperando por Terremotos”, onde ela permanece esperando por um terremoto acontecer, e quando isso acontece ela se move de acordo com a intensidade dele, assim se não existe nenhum terremoto não haverá dança.

Daniel Matros, produtor de games como Battlefield, diretor criativo digital, filantrópico e também fundador de uma campanha onde dirigiu apresentações de e-sports ao vivo no mundo inteiro, vai falar sobre como podemos usar a inteligência em design de games e as novas tecnologias para produzir games e por meio deles mudar o mundo para melhor. Atualmente, Matros vive em Dubai e é ativo na cena de Startup de Estocolmo, na Suécia.

Gianluca Colombo é PhD em Ciência da Computação, mestre em Filosofia e possui pós-doutorado em Bioinformática e bioinspiração de modelos computacionais. Como pesquisador da Universidade de Milano-Bicocca, o cientista trabalhou como engenheiro de conhecimento na estruturação de projetos fundados pela Europa e como professor assistente nos cursos de Epistemologia da Ciência da Computação, Informática Médica e Métodos para Representação de conhecimento. Gianluca discutirá “O fator humano e os desafios da Tecnologia da Informação” e falará sobre temas abordados a partir do contexto do conhecimento embasado em tecnologia como mediador cultural.

Daniel Susskind, escritor do livro “O Futuro das Profissões”, é palestrante em Economia no Balliol College​,​ em Oxford, onde atua como professor e pesquisador e já trabalhou no Governo Britânico – na Unidade de Estratégia do Primeiro Ministro e como Conselheiro Político Senior no Gabinete Oficial. Susskind vai explicar como o aumento de sistemas de telepresença e inteligência artificial trarão mudanças fundamentais ao mesmo tempo em que a expertise de especialistas ​estará disponível na socie​d​ade e argumentar​á​ que essa mudança deve ser adotada.

Serviço:

Campus Party Brasil 2016

De 26 a 31 de janeiro de 2016

Centro de Exposições Anhembi

São Paulo- SP